25/01/2022
Terça
Acontece hoje

Política / Bolsonaro volta a defender desobrigação do uso de máscaras para vacinados

Bolsonaro volta a defender desobrigação do uso de máscaras para vacinados

Presidente considera uso desnecessário para quem já se vacinou ou se recuperou da Covid, mas afirma que quem decide são governadores e prefeitos

FOTO: Reuters/Adriano Machado
11 de junho de 2021 - 8 meses atrás

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender nesta sexta-feira (11), a desobrigação do uso de máscaras para pessoas vacinadas e recuperadas da Covid-19. Na quinta-feira (10), Bolsonaro havia solicitado ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, um parecer para liberar o uso de máscaras desse público.

Quem já foi infectado e quem tomou vacina não precisa usar máscara. Quem vai decidir é ele [ministro Queiroga], dar um parecer. Se bem que quem decide na ponta da linha é o governador e prefeito, eu não apito nada. É ou, não é? Segundo o Supremo, quem manda são eles. Nada como você estar em paz com a sua consciência“, disse.

A ideia foi logo criticada por especialistas, que alertam que mesmo quem já foi vacinado ou já teve a doença, pode se contaminar e transmitir o vírus para outras pessoas. Além disso, quem já teve Covid, pode ter novamente e quem já se vacinou, pode ter a doença de modo mais leve. 

A vacina tem boa eficácia em evitar que a sua doença acabe se agravando e você precise até de hospitalização, mas ela não tem tão boa eficácia em evitar que você se contamine. Então, enquanto a gente não tem uma boa parte de população plenamente vacinada, é preciso sim usar máscara, evitar aglomerações e preferir ambientes naturalmente ventilados”, explicou a médica infectologista Luana Araújo.

Por: Jéssica Gomes

11 de junho de 2021 - 8 meses atrás